quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Mais umas voltas

Na semana passada não pedalei nada. logo na segunda-feira a seguir à prova da Batalha, fiquei com as amígdalas inflamadas e na 3ª Feira nem saí de casa! Depois de ir ao médico, dei a mim mesmo uma semana fora das bicicletas.
Mas na sexta-feira as pernas queixaram-se da falta de movimento e pronto, marcámos uma voltinha! Domingo de manhã lá parti em direcção a Leiria para ir ter com o António.
Estava sol, o asfalto lavado uma boa temperatura, o ideal para uma volta Domingueira!!! Partimos em direcção à Nazaré, mas pouco tempo depois as nuvens voltaram!!! Em Pataias encontramo-nos com o Jorge. Ele gosta mesmo daquelas luvas!!!

Logo a seguir vamos ao encontro de outros dois colegas. Passamos por um outro grupo e o Ricardo apanha-nos mesmo quando tomávamos a direcção para as praias. Com o grupo reunido partimos juntos à costa até à Praia da Vieira.
Tinha estado uma semana sem tocar na bicicleta, por isso só queria mesmo rolar, sem esticões, sem grandes velocidades. Por isso fiquei na cauda do " pelotão" à conversa com o Sérgio Sacadura, Polares, suplementação, treinos, bicicletas, foi num instante que chegámos à Viera. Depois de uma paragem para um pastel de nata e um café, arrancámos em direcção à Marinha Grande, já com o sol a fazer-nos companhia.
Ainda assim fizemos 87km a uma média de 29km/h quem se sacrificou mais foi mesmo o António que estava atrasado para o almoço!!! Boa volta, descontraída e com boa companhia.

Esta semana, voltei a correr!
Segunda feira chego ao final da tarde a casa, calço as sapatinhas meto os meus velhos calções de praia, convertidos a calções de corrida, visto um dos meus casacos xpto de andar bicicleta no inverno, barrete, rádio nos ouvidos e Rua!!!!!!! Parti em direcção ao parque da cidade atrás da câmara municipal.
Para mim acho mais natural correr de noite e pedalar de manhã. Correr aqui de noite até foi bastante agradável, estava uma névoa em cima do lago, o que deu aquele enquadramento especial à volta. Dei 5 voltas, acho que cada volta tem aproximadamente 800 metros, as duas últimas voltas já tive que fazer um pouco de sacrifício. Na verdade exagerei, foram 40 minutos de corrida que deveriam ter sido 20 ou 30. Contei com a minha base de estrada, mas a corrida é um desporto de maior impacto, bem diferente da bicicleta...

Terça-Feira, de manhã em jeito de recuperação do dia de corrida fui até à Nazaré, 47kms a uma média de 28kms o vento soprou sempre de frente, dá para acreditar???!!!O regresso, já com o vento Norte, foi feito muitas vezes com as mãos nos drops, é só um ganho de 2 km/h, mas deixamos de sentir que somos uma barreira contra o vento e consigo "cortar" o vento tenho é que fazer mais uma ginástica para dar estrutura aos músculos das costas e do pescoço.

Quarta-feira, sai cedo para ir ao encontro do Joel, tínhamos combinado no encontro do pessoal do Juncal dar uma volta a meio da semana. Saio com alguma antecedência de casa, bebo um café e estou a sair da Marinha Grande, quando sinto que a roda de trás...
Está em baixo!!! Uma inspecção ao pneu e não vejo a causa do furo, meto uma câmara nova e ar, contei com o apoio de uma senhora e de um senhor, que meteram conversa comigo, fixe, ainda à gente que fala na boa uns com os outros !!! Bem, já estava a atrasar-me, mas a falta de jeito ou de força, não consigo encher o pneu com a pressão que queria e como já não tinha a minha câmara de ar de reserva, volto a casa, meto 110 psi, e câmara nova no jersey e volto à estrada. Chego a Pataias com o Joel à minha espera, seguimos até à Nazaré, ao encontro de um veterano das Caldas da Rainha, mais um bolo e estrada! O colega de volta regressa ás Caldas pela Cela e nós pelos campos agrícolas do Valado. O Joel fica no Juncal e eu regresso a casa pelos Montes, com a chuva por companhia! Mais 3 horas de bicicleta.
O pulsometro da Sigma deu o berro, vou agora escrever uma carta ao pai natal para ver se ele me dá um Polar S725X. É um salto grande, e ainda terei que continuar a pedalar para conseguir me ir aguentando, mas é uma ferramenta que bem utilizada dará para ver o nosso desempenho numa perspectiva bem mais completa e organizada.

4 comentários:

Nelson disse...

Boas,

Tenho um Polar S725X e é um espectáculo. Acho que é um excelente investimento para qualquer atleta que pretenda levar o seu treino a sério!

Gosto imenso da sua versatilidade...podes usar na corrida, nas bicicletas como conta quilómetros e na natação!

Em quase dois anos o único problema que deu foi a pilha, mas nada que uma ida à assistência técnica resolva, que por ventura foram super rápidos!

Abraço e se quiseres que te tire alguma dúvida diz

Carlos Lopes disse...

juntar uns trocos para comprar algo parecido... o problema é a crise..boa semana

RuiRuim disse...

e um garmin? se quiseres o meu 625 vendo-to a bom preço com pilha nova com banda nova e banda suplente em bom estado com pilha nova.

As Minhas Pedaladas disse...

Nelson, dá para utilizar o pulsómetro na natação?
Carlos, realmente é uma coisa que custa dinheiro mas que nos ajuda mesmo nos treinos...
Rui, manda-me um mail com o preço disso! assim só tinha que arranjar dois suportes para a bicicleta e um sensor de cadência.