terça-feira, 3 de novembro de 2009

XC , estrada e chuva

No Domingo passado o meu colega de voltas veio ao meu encontro para irmos até Porto de Mós ver a última prova do campeonato de XC. O pessoal do Juncal, também iria passar por lá mas de BTT, nós fomos de estrada.
Pouco tempo depois de nos termos encontrado começa a chover, ainda sugeri ao António voltarmos a minha casa meter a bicicleta dele no meu carro e ir confortavelmente até Porto de Mós, mas nada disso. Estávamos ali para andar de bicicleta e foi isso que fizemos.

Ao chegarmos a Porto de Mós seguimos para o local da pista, uma subida que a determinada altura tinha 14% de inclinação. Chegados lá a primeira coisa que fiz foi arranjar um guardanapo de papel para limpar os óculos, estavam sujos e embaciados. Não pudemos andar muito pela pista, eu como ainda ando com os sapatos de BTT tinha alguma liberdade de movimentos, mas se o António metesse lama nos cleats da Speedplay, a coisa complicava-se. Ficamos a ver a prova na descida de terra e pedra que antecedia a chegada à recta da meta. A lama e a pedra escorregadia transmitia alguma insegurança aos atletas, mas outros passavam cheios de confiança e atitude! Uma coisa que gostei bastante de ver foi as meninas a participar, ainda eram algumas, que bom.
Será que a minha filha irá gostar de andar de bicicleta?

Por mim, voltava para casa e fazia uns 60kms mas o António estava cheio de vontade de fazer a volta por Chão das Pias, por isso, lá partimos nós, eram umas 11:30. Começamos a subir, não estou nos meus melhores dias e a vontade de pedalar não era muita, por isso não me entusiasmei em ir atrás da roda. Optei por meter um ritmo relativamente confortável, a 160 bpm e a tentar manter uma cadência de 80 ppm. Quase a chegar lá acima carreguei mais um pouco e cheguei-me ao António, estávamos ao lado do acesso a uma das descidas de Downhill mais antigas do país (vejam o vídeo).

Mais umas descidas e umas subidas, felizmente levei um impermeável, fechava-o nas descidas abria-o nas subidas. Passamos por uma localidade onde havia um mercado, estávamos na hora de almoço e o cheiro de um frango verdadeiramente, assado nas brasas passou-me pelo nariz...

Pouco tempo depois entravamos na estrada que dá acesso às grutas de Santo António. As subidas ganham novamente mais inclinação e distância, apesar do pequeno almoço ter sido há mais de 5 horas parece que a digestão ainda não estava feita e por isso ia-me dando umas cólicas. Agora acho que sei o que foi, é que comi mueslies com iogurte, normalmente faço uma papa com os mueslies, como estes ficam cozidos adianta um bocado o trabalho da digestão, desta vez como foi tudo ao natural, o estômago teve mais trabalho que o habitual e não gostou.
Chegamos ás grutas de Santo António parámos para beber uma Coca-cola, é uma chatice usar óculos, mas depois de passar pelo ritual de os lavar, sinto-me como que rejuvenecido, tudo fica literalmente mais claro, mais visível. Bebo a Coca-cola, na esperança que o gás resolva alguma coisa lá no estômago! Subimos mais 100 metros e estamos no topo da Serra de Santo António, começamos a descer para Alvados.

Em Porto de Mós seguimos para a Batalha, e na Batalha viramos para Fátima, para depois virarmos para a s Cortes em direcção a Leiria. Mais uma subida... Para ser solidário com o António começo com uma relação de 50x23, vou na roda dele, mas depois numa altura mais difícil passo para 34x18?, pronto 17km/h e lá vai ele embora. Pouco tempo depois, meto 50x25, volto a conseguir manter a estonteante velocidade de 20/22km/h, são só mais dois dentes mas fazem toda a diferença!!! Isto de andar na estrada tem realmente muito que se lhe diga...
Depois foi sempre a rolar até Leiria.

Mais 105 kms feitos, não tenho jeito nenhum a curvar, estou cada vez mais à vontade em cima da bicicleta de estrada, mas as curvas e as rotundas ainda são um problema e rotundas, quando vou com o pessoal, fico sempre para trás... Ainda não me habituei à ideia que consigo inclinar-me com menos de 1cm de pneu a tocar na estrada, então com chuva...

Ás 3 da tarde estava em casa a tomar um banho.

2 comentários:

Paulo Vieira "aka" Eskravo disse...

Bom dia Amigo....
para o ano la espero encontrar te nas provas de XC ou XCM..arrisca que vale a pena.

Paulo Vieira " aka " Eskravo
BTT Team S.U.Colarense

As Minhas Pedaladas disse...

Vamos a ver. Um abraço!!