quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Mega avalanche


A prova é a Megaavalanche em França.
O desdentado é o Steve Jones, campeão inglês de downhill que também apresenta um filme de dicas de Down Hill "Fundamentals" (muito bom).
Reparem lá perto do fim, quando um dos participantes sai do trilho, reparem mesmo é na bike!!!, parece que faz a prova toda sozinha!!!

domingo, 25 de novembro de 2007

A minha voltinha de hoje.

Este fim de semana fui até Caldas da Rainha e voltei de... Comboio!
Na volta de hoje, comecei por ir até à Nazaré, passei pelo porto de abrigo.
É sempre agradável passar por entre aqueles barcos em doca seca.
Depois foi subir até ao Salgado, descer até São Martinho do Porto e rolar até Caldas da Rainha.

Em São Martinho do Porto dei uma volta na praia, já à muitos anos que não andava de bicicleta na praia, gostei.
Já em Caldas da Rainha, fui até à estação ter com a família, que tinha vindo ao meu encontro de comboio . Após o almoço no "Meco" (Mc Donalds) com diz a minha filha, lá fomos até à estação.
No caminho ainda entraram um turista estrangeiro e alguém que ia para a Marinha Grande, os dois traziam a sua bicicleta.
Aproveito para lembrar que existe um vagão próprio para quem traz bicicleta.

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

LA TRANSVESUBIENNE a Maratona terrível



Conhecida por a prova de BTT mais dura de França, tem uma distância aproximadamente de 70 km que levam aos mais rápidos a termina-la em mais de 7:00

A prova conta para a Avalanche Cup, um campeonato francês de maratona/enduro BTT.

Fica aqui o link para um blog de um participante nesta prova.

"La course la plus ?norme du moment ...
68,8kms, 3800m de d?nivell? n?gatif ... mais 2750m de positif !
Cette course, c'est la joie et la souffrance, du sport et de l'esprit. La "trans" c'est la polyvalence pouss?e ? l'extr?me, le pilotage, la technique, le physique qui devra ?tre au top aussi bien dans les mont?es que dans les descentes !"

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Domingo com muito frio.

Domingo de manhã 8:30 saio de casa, creio que é o 1º dia com geada, temperatura exterior -2º C arranco em direcção à Panificadora da Maiorga perto de Alcobaça.
Ainda não comprei umas calças, o que fez com que tivesse que aumentar a cadência da pedalada... Os dedos estavam a arrefecer muito rapidamente, por isso lá fui soprando as pontas dos dedos.
Quando cheguei já lá estava o pessoal do forum btt a tomar o pequeno almoço, entretanto chegou mais pessoal e lá partimos.
Começamos logo com uma subida para aquecer e pouco tempo depois o frio já não se notava.
Os trilhos eram bem interessantes, cheios de singles tracks e bastante técnicos. Eu como não sou artista apeava-me nessas partes pois essas zonas metem-me um pouco de receio, para não dizer medo!!!!
Lá fomos andado a um ritmo simpático esperavam uns pelos outros sem pressas , o que é bom! Como disse os trilhos eram bastante técnicos e num deles insisti mais e lá descí para o lado , mas sem estragos... Ainda fiz um teste na bicla Gualdino uma Gary Fisher Hi-Fi, grande bicla, obrigado. Subimos à antena, perto de Casal da Areia que terminou com mais uma descida feita com a bicicleta à mão e que mesmo a pé se mostrou difícil de fazer. Foi uma manhã interessante com pessoal porreiro e descontraído.
Tenho que agradecer ao Forum Btt, pois esta ferramenta contribui bastante para juntar toda a gente em torno desta actividade. OBRIGADO.

sábado, 17 de novembro de 2007

Campeonato do mundo de maratonas

Dois portugueses estiveram no campeonato do mundo de maratonas, o João Marinho e o José Silva.
Vale a pena ver o site com o relato.

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

The Bicyclist web tv series


Esta é uma série de web tv, que chegou ao fim, pelo menos esta primeira série. Conrad deixa a sua terra para tentar a sua sorte como mecânico de bicicletas em Portland no Oregon EUA, a partir desenrola-se uma pequena história.
Os episódio são curtos de 3 a 5 minutos, e a qualidade das imagens é boa.

"Nice day for a ride"

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

O Homem da UltraMaratona

O Homem da Ultra Maratona, foi o último livro que li, é o relato de um homem Dean Karnazes, que nos conta as suas aventuras desde aquele dia que à noite depois de uma noite com os amigos agarra nas sapatilhas e põe-se a correr até às Ultra Maratonas como a Badwater no famoso Vale da Morte em que se corre 135 milhas (217km) a temperaturas perto dos 50ºC, e outras provas. No livro tenta-se encontrar a razão pela qual o faz seguir estes desafios sem se encontrar bem a resposta. No fim do livro, Dean da-nos algumas dicas sobre alimentação e treinos. No youtube também tem muitas coisas sobre Trail Running e no site na secção print tem também algumas reportagens e entrevistas. Acho que vale a pena, quanto mais não seja para saber como é que são estas provas por dentro.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

33ª Meia Maratona da Nazaré, consegui!

No Sábado fui à Nazaré, levantar o dorsal como não fazia ideia seria o Domingo preferi prevenir-me. O envelope trazia o dorsal e o chip, o valor da inscrição foi 7 €. Já havia os habituais grupos de amigos a conversar sobre o grande dia seguinte.
De manhã lá meti o chip na sapatilha conforme as instruções e rumei em direcção à Nazaré.
A partida era ás 11:00 horas cheguei ás 10:00
Comecei a por o telemóvel, (para ouvir a Antena 3 ) preparei uma bolsa que comprei na Sport Zone, substitui a fita de nylon por uma fita elástica a fechar com velcro de acordo com o que tinha visto no site da Fuel Belt. Para beber levei uma garrafa pequena de água e para comer levei umas 10 ameixas e um gel, pois já sabia que ia passar umas duas ou 3 horas a correr ou a andar e como não sabia se os abastecimentos tinham mais alguma coisa para além da água (era só água e esponjas) ...Quando cheguei à meta os atletas já andavam de um lado para outro a correr, eu limitei-me a fazer uns alongamentos mas não corri, pois tinha muito tempo depois da partida para aquecer!
A Rosa Mota, era a madrinha da prova disse umas palavras e Bum, Partida.
Demos uma volta à Nazaré e depois lá fomos em direcção a Famalicao. Começou-me a doer as engrenagens mas isso foi por causa do aquecimento, logo logo iria-me esquecer disso.
Eram muito poucos que levavam bolsas à cintura, aliás no meio de mais de 1500 atletas para além de mim só vi mais dois ou três com bolsas... Porque é que seria??
Talvez por ser chato e incomodativo levar aquilo à cintura, ainda pensei e passar pelo carro e deixar lá aquilo, mas não continuei. E ainda bem, porque sempre que quis pude beber água sem ter que levar uma garrafa na mão, fui comendo as ameixas e o gel, falei com a minha mulher e fui ouvindo uma entrevista ao Seu Jorge programa Condutoras de Domingo apesar de não ser fã deste músico, mas sempre foi fazendo companhia.
Quando estava a passar no km 8 passaram dois Africanos acho que Quenianos e um Português por mim... Ele já deviam ir no km 17. Ao longo do percurso alguns desistentes, vinham a pé de regresso à Nazaré, foi aí que vi que tinha tomado a opção certa em levar algum alimento, pois se não tivesse levado, certamente teria que ter desistido também.
Quando dei a volta e comecei a fazer o caminho de regresso ao km 15, passei a andar, tomei o gel, e bebi água. ESTAVA A VOLTAR!! Quando me dei conta, parecia que as pernas andavam sozinhas e dava umas passadas enormes. Tinha que correr nem que fossem passadas ainda mais pequenas se não corria o risco de fazer todo o caminho de regresso a andar.
E lá vim eu até Nazaré ao ver que estava a chegar aumentei o passo pois queria mesmo terminar antes das 2:30 hora do encerramento da cronometragem. PIII,PIII, o chip funcionou, Cheguei.

Tinham umas cadeiras para podermos tirar o chip das sapatinhas ainda fiquei ali um pouco para recuperar não do coração, mas das pernas e articulações. As lembranças foram dadas no final, na qual incluía um broa de mel, que enquanto ia para o carro me soube bestialmente bem.

Consegui, atingi os meus objectivos: 1º Não Desistir e 2º concluir antes da cronometragem encerrar para ficar com um tempo oficial.
Agora à noite o empeno aumentou, as ancas e os joelhos ...
Segunda feira custo-me subir escadas, Terça-feira já estou melhor.
Domingo quero a minha bicicleta de volta!!!!

Classificação: 1203
Tempo: 02:21:45

O 1º Tempo: 01:04:27

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Como montar uma bike em NY

Ruta de Los Conquistadores

A Ruta de Los Conquistadores evento de 3 dias de btt no qual vai participar um atleta Português, o Pedro Bento de Santarém.
A Maratona, vai decorrer do dia 14 ao dia 17 deste mês, o Team Dicky vai participar em single speed, ele fala-nos da sua preparação para os dias da prova na Costa Rica no seu blog "Bad Idea Racing"

Este fim de semana Meia Maratona da Nazaré

Este é então a Meia Maratona da Nazaré, nestas duas últimas semanas só corri uma ou duas vezes...
No último Sábado corri 1:00 hora, esta semana não corri nada.

O objectivo para o domingo será não desistir, e fazer os 21km em menos de 2:30 horas que é o tempo máximo para ficar com o meu tempo na lista dos classificados.

Num destes dias falo mais sobre esta coisa de correr.

sábado, 3 de novembro de 2007

Fui à Festival bike

Quando cheguei, fui dar uma primeira vista de olhos nos stands.
A primeira bike que me chamou à atenção foi a bicicleta utilizada por Gary Fisher aquando da sua passagem por Portugal na Rota das Aldeias Históricas,
Num outro Stand (não me lembro qual, parecia que estava na feira das antiguidades, bikes, calções, jerseys, selins, só oportunidades, especialmente para quem não se importe de andaer vestido como à 15 anos atrás. O lote incluía as Proflex's e as Cannondale's de DownHill dos anos 90.
Mais à frente um Stand com a Titus Racer que inspirou fortemente a Mondraker para conceber a MR101.MR 101 com nova cor e novo equipamento, novas rodas, pneus, travões (Juicy 3) desviador da frente é agora da Sram, etc.Mas a minha ideia era os ensaios que a Specialized proporciona, a bike escolhida foi a Enduro com XTR, Juicy Ultimate, transmissão Sram X0 é super directa., etc.A bike é simplesmente espectacular a suspenção realmente funciona, ficando o desejo de ter uma bike com 150 de curso, era para ter sido a Canyon ES 5, mas pronto...
Esta Specialized Urbana, é bem gira não é??
Tantas Specialized!!!O Stand da MSC com a Zion e a Koncept, a zion com X7 estava à venda por 1200€!! provavelmente era em 2ª mão.Ainda passei pelo stand dos meus conterrâneos os irmãos Teixeira da Tomazzini, com as suas Van Nicholas TouaregA minha curiosidade pelas bikes semi-rígidas, está a aumentar e antes de me ir embora exprimentei a Orbea Alma de Carbono...
9,9 kg de bicicleta, com uns Juicy Ultimate super bem afinados, as mudanças X0, Reba, a bicicleta realmente dispara, creio que a próxima bike que eu tiver será uma semi-rígida gostei do teste!!! Levantei-a e que leveza, gostava de fazer um teste mas numa maratona. (Não custa nada sonhar). Estava em exposição a bicicleta utilizada no campeonato do mundo pelo Julien Absalon

Já estou à espera do ano que vem.