domingo, 7 de dezembro de 2008

O peso e a Luz.

Na Sexta-feira, ao fim do dia, fui até à BTTerra, para dar uma volta e ver as novidades, vi um cliente com material da KCNC a pesar a bicicleta, macaquinho de imitação, fiz o mesmo...
Peso total de 12,81kg,Facilmente poderá baixar para os 12,50kg pois estava com a luz traseira montada que tem duas pilhas alcalinas e os pedais com mais de 12 anos que andaram primeiro na Giant Bronco e na Mondraker MR101, que pesam para aí uns 400 gr, já para não falar que as fitas para passar a tubeless ainda não chegaram e por isso ainda tem as câmaras de ar, o fabricante diz que tira 100gr por roda.
Nas minhas novas incursões por estrada, tenho utilizado a luz montada no guiador , enquanto nas provas que participei preferi utiliza-la montada no capacete e devo dizer que é aí que ela funciona melhor. O ideal é ter as duas opções, mas quando tempo apenas um kit, a prioridade é no capacete.
Mesmo assim, podemos apanhar alguns sustos, que por pensar que estamos na estrada não os vamos encontrar, buracos, passeios e valas que aparecem, ramos tombados na estrada, e eu estou a falar de bicicleta de montanha com pneus 2.2, porque se fosse uma de estrada, teria mesmo que ir com muito cuidado por causa das sarjetas que teimam em ser demasiado abertas para estas rodas, talvez daqui a uns anos sejam diferentes.
Levei o colete reflector, pode não ser uma peça de vestuário muito bonita, mas a segurança está primeiro. O Rui Ruim falou nas luzes num comentário mais em baixo, as luzes frontais, as Sigma Karma, são suficientes, com uma bateria leve (tenho duas). Mas a luz traseira, não pisca e para mudar as pilhas, tenho que tirar estes dois parafusos minusculos, o que é um bocado aborrecido se estas falharem a meio da noite numa prova de 12 ou 24 horas... Próxima compra será uma da loja dos chineses...

5 comentários:

ruiruim disse...

Ok obrigado pela dica, dei uma voltinha pelo blog e já sei tudo sobre as Sigma Karma. E se deram para ti tb dão para mim!

João disse...

Olá Rui, será melhor dares também uma vista de olhos ás sigma Powerled utiliza as mesmas baterias que a que eu tenho, manda mais luz e dá para utilizar com pilhas também. Só não comprei estas porque eram mais caras, mas acho que são melhores.

http://www.singletracks.com/mtbreviews/Sigma/Power-LED-Black-Edition/1280.html

http://www.sigmasport.de/en/produkte/beleuchtung/powerlights/powerled_black/

Creio que esta é melhor.
João

carneiro disse...

O preço (cerca de 100 €) da Karma inclui a bateria ?

Tenho andado à procura de uma coisa destas para a estrada.

para trás, já tenho algumas cinco diferentes (escoras, mochila, capacete e drops do guiador). Pareço uma árvore de natal. Mas a segurança na estrada é essencial. O meu pesadelo é ser abalroado. Mas para a iluminação dianteira, perante tantas opções, tenho andado na dúvida.

Se bem que tenha visto no Festival Bike umas "coisas" com uma bateria no formado de bidon que se coloca na grade respectiva. Só que ia aos 1100 €...

Agora se a Karma dá para si, melhor dá para mim que só preciso dela durante uma ou duas horas quando saio de madrugada ainda de noite.

Ademais, a Karma faz par com a minha Kuota Karma... è o meu karma, como diria o determinista...

Abraço

ruiruim disse...

carneiro,
perguntei pela karma na bike zone e dizem-me que anda à volta dos 80 euros com a bateria. Também me aconselharam a powerled black por causa de se poder usar pilhas (a mim da-me jeito por causa do touring) só que custa 135 euros (com desconto). O dono tinha lá uma e mostrou-ma. Pesa metade da Karma e dá o dobro da luz. Dá para ir aos coelhos aquela bodega com o disparate de luz que manda! A karma dá a luz suficiente pareceu-me...

Joao,
Luzes traseiras tenho uma da bikezone, 10 euros muito giras de borracha e que se agarram a qq sitio na bike,, no capacete ou mesmo na roupa...

João disse...

Pois é amigos, essas informações sobre a Powerled,confirmam o que disse em cima.
Devo acrescentar que a luz deve realmente ser forte, porque no asfalto negro a luz tem tendência a ficar "comida" e não se ver tão bem, portanto as PowerLed deverão realmente ser melhores, por outro lado se andarem em estrada, e as luzes tendo elas mais luminosidade, vai encadear os carros... E nós que também somos condutores, não gostamos disso.
Mas têm 3 níveis, minimos, médios e máximos, boas compras.